Home2021-04-23T15:21:22-03:00
  • Eleições 2022: o futuro é incerto e é preciso construí-lo

    Fernando de Barros e Silva (Piauí, nº 175), abre seu artigo sobre “o que muda com a entrada de Lula na disputa pela sucessão de Bolsonaro” afirmando que “Só há uma certeza política no Brasil [...]

  • Submissão e subdesenvolvimento: os fardados no poder

    Os manuais de história dizem que o Império foi o nosso “regime civil”, em contraste com a República, quando a preeminência da farda extrapola para a intervenção direta. Na realidade, a ascensão política dos militares já se estabelece, num crescendo, a partir da guerra contra o Paraguai, e se assume de corpo inteiro na sequência do golpe de 1889.

  • Governo quer nos levar à condição de colônia

    A proposta orçamentária do governo para 2021 expressa um projeto político cujo objetivo é cortar pela raiz qualquer expectativa de desenvolvimento nacional. Uma vez levado a cabo, retornaremos à condição de colônia, tal a dependência [...]

  • Esperar não é fazer

    O que significa dizer “estamos do lado certo da história e nosso projeto vai voltar”? A frase remete a uma leitura simplória do materialismo histórico, confundindo determinismo (uma pretensão científica) com fatalismo (uma regressão religiosa). [...]

Eleições 2022: o futuro é incerto e é preciso construí-lo

Fernando de Barros e Silva (Piauí, nº 175), abre seu artigo sobre “o que muda com a entrada de Lula na disputa pela sucessão de Bolsonaro” afirmando que “Só há [...]

23/04/2021|Categorias: Artigos, C&T, Capa, Revista Carta Capital|
Ir ao Topo