Entrevistas

/Entrevistas

‘Nossa prioridade, dos partidos de centro-esquerda, deve ser defender o mandato de Dilma. O impeachment será um golpe na soberania popular’.

À frente do partido nas últimas décadas, Amaral foi um dos articuladores das alianças com o PT. No governo de Luiz Inácio Lula da Silva, ocupou o Ministério da Ciência e Tecnologia. Desde o ano passado, quando o PSB decidiu apoiar o tucano Aécio Neves no segundo turno da eleição presidencial, está afastado da cúpula partidária. Nesta entrevista ao Valor, Amaral critica os rumos do partido e afirma: "O PSB é um barata-voa, está perdido".

2015-10-24T12:31:08+00:0023/10/2015|Entrevistas|Comentários desativados em ‘Nossa prioridade, dos partidos de centro-esquerda, deve ser defender o mandato de Dilma. O impeachment será um golpe na soberania popular’.

Roberto Amaral diz que governo deve dialogar com as bases populares para evitar golpe

O cientista político, ex-ministro da Ciência e Tecnologia e ex- presidente do PSB, Roberto Amaral, lançou nesta terça-feira (20), em Brasília, o livro “A Serpente Sem Casca – da 'Crise' à Frente Popular". A obra, apresentada pelo ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT) e pela deputada federal Luíza Erundina (PSB-SP), fala sobre o quadro político econômico brasileiro e destaca a criação da Frente Brasil Popular, apontando o movimento como alternativa na luta contra o retrocesso.

2015-10-21T16:01:11+00:0021/10/2015|Entrevistas, Não deixe de ler|Comentários desativados em Roberto Amaral diz que governo deve dialogar com as bases populares para evitar golpe