Tela holográfica chega às 12 polegadas de autêntico 3D

Redação do Site Inovação Tecnológica – 05/02/2013

Embora ainda longe da resolução desejada, as imagens holográficas já são significativamente superiores às imagens geradas pelas primeiras TVs que chegaram ao mercado - que eram preto e branco.[Imagem: Xuewu Xu]

Embora ainda longe da resolução desejada, as imagens holográficas já são significativamente superiores às imagens geradas pelas primeiras TVs que chegaram ao mercado – que eram preto e branco.[Imagem: Xuewu Xu]

Resolução dos hologramas

Em 2010, cientistas de Cingapura apresentaram um algoritmo que permitiu pela primeira vez calcular rapidamente todas as informações necessárias para gerar um holograma.

Os resultados demonstraram que a renderização do holograma por computadores comuns pode se viável.

Agora, a equipe do Dr. Xuewu Xu deu um passo adicional, aumentando a resolução dos hologramas de forma a gerar imagens coloridas com detalhes razoavelmente bem definidos.

Pixels no espaço 3D

Enquanto aumentar a resolução das imagens em uma tela comum é uma questão de aumentar o número de pixels por área, na holografia é necessário um esforço adicional – a colocação dos pixels o mais próximo possível uns dos outros no espaço 3D.

No protótipo demonstrado em 2010, os pesquisadores projetaram imagens de 1,3 megapixel, usando pixels de 13,62 micrômetros.

Agora, eles já conseguem projetar hologramas 3D em cores com uma resolução de 189 x 378 megapixels, o que se traduz em imagens com uma área de 12,5 x 25 centímetros.

A área da imagem é o equivalente a uma tela plana de 12 polegadas, com a diferença de que a imagem pode ser vista de qualquer ângulo.

Moduladores espaciais de luz

O feito foi possível graças à utilização de moduladores espaciais de luz (SLM – spatial light modulator) integrados em um chip de silício.

Os 24 SLMs manipulam a luz de dois conjuntos de lasers RGB – cada conjunto possui um laser vermelho, um verde e um azul – usando cristais líquidos ferroelétricos.

As imagens são atualizadas a uma frequência de 60 Hz, evitando as piscadas típicas dos primeiros experimentos em holografia.

Desafios para a holografia

Apesar dos avanços, ainda há um longo caminho para que as telas holográficas cheguem ao mercado.

Enquanto o protótipo agora demonstrado produz imagens na faixa dos megapixels, o Dr. Xuewu Xu afirma que uma tela holográfica viável, com cerca de 20 polegadas, exigirá dezenas de terapixels, já que devem haver pixels para todo o espaço 3D da imagem.

A boa notícia é que ele não vê obstáculos à miniaturização do seu sistema de moduladores ópticos, o que deverá permitir ampliar continuamente a quantidade de pixels gerados.

“Outros obstáculos, como a largura de banda para transmissão de dados, a capacidade de armazenamento de dados e a velocidade de processamentos dos hologramas também precisarão ser superados para chegarmos à comercialização da tecnologia de telas holográficas 3D. Nosso trabalho futuro vai incluir a tentativa de solucionar alguns desses gargalos tecnológicos,” explicou o pesquisador.

// // // // Visitantes Únicos: