“Não é mais possível apostar na conciliação”

“Não é mais possível apostar na conciliação”

O PT e as esquerdas deveriam aprender com seus erros e preparar uma verdadeira “Carta ao Povo Brasileiro”, defende o ex-ministro Roberto Amaral As organizações ditas de esquerda e o PT em particular não podem mais postergar: é hora de uma reflexão profunda sobre os erros recentes. Só assim, acredita o ex-ministro Roberto Amaral, será possível recuperar […]

Veja mais

Entrevista com o jornalista Pepe Escobar, discutindo a a geopolítica do Golpe

[yframe url=’https://www.youtube.com/watch?v=P63XFVSgMFo&end=36m44s’]

Veja mais

Mariana Godoy Entrevista – Ciro Gomes (04/12/2015)

Mariana Godoy Entrevista – Ciro Gomes (04/12/2015)

“Impeachment não é remédio pra governo ruim” (Ciro Gomes)

Veja mais

‘Nossa prioridade, dos partidos de centro-esquerda, deve ser defender o mandato de Dilma. O impeachment será um golpe na soberania popular’.

‘Nossa prioridade, dos partidos de centro-esquerda, deve ser defender o mandato de Dilma. O impeachment será um golpe na soberania popular’.

À frente do partido nas últimas décadas, Amaral foi um dos articuladores das alianças com o PT. No governo de Luiz Inácio Lula da Silva, ocupou o Ministério da Ciência e Tecnologia. Desde o ano passado, quando o PSB decidiu apoiar o tucano Aécio Neves no segundo turno da eleição presidencial, está afastado da cúpula partidária. Nesta entrevista ao Valor, Amaral critica os rumos do partido e afirma: “O PSB é um barata-voa, está perdido”.

Veja mais
// // // // Visitantes Únicos: