Rio, laboratório do Brasil. O que Braga Netto quis dizer?

Rio, laboratório do Brasil. O que Braga Netto quis dizer?

O fato de as eleições estarem previstas não significa necessariamente que elas venham a ser realizadas “O Rio de Janeiro é um laboratório para o Brasil”  General Braga Netto Estamos a sete meses das eleições de 2018, quando o povo escolherá (deverá escolher) seu presidente, todos os governadores de Estado, todas as assembleias legislativas, toda […]

Veja mais

Do Exército, espera-se um milagre. Ou a intervenção não é sobre segurança?

Do Exército, espera-se um milagre. Ou a intervenção não é sobre segurança?

Não se discute o estágio de descalabro a que chegou o poder público no Estado e na cidade do Rio de Janeiro

Veja mais

O poder do Judiciário e os dias piores que virão

O poder do Judiciário e os dias piores que virão

O Judiciário concorre para o perigoso esvaziamento da democracia representativa e se transforma em instrumento de insegurança jurídica A velha direita pelos seus jornalões, e esses pelos seus editoriais e colunistas, revela-se, assim de repente, assustada com sinais de desobediência civil que seus sismógrafos estariam captando nas hostes da oposição e com o que identificam […]

Veja mais

O que fazer, agora?

O que fazer, agora?

Como estava escrito (nem o reino mineral foi surpreendido), o Poder Judiciário, agora por intermédio do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, anunciou a sentença de há muito lavrada pelos articuladores, mantenedores e beneficiários do golpe de Estado de 2016. Distante do modelo anacrônico das quarteladas clássicas, dessas muitas que já povoaram a história das repúblicas e […]

Veja mais

Para uma teoria do golpe

Para uma teoria do golpe

Com o objetivo de entender melhor o conceito, é necessário desfazer a relação siamesa entre ditadura, militar ou não, e golpe de Estado Para entendermos o conceito de golpe de Estado, convém o apartar do sentido consagrado entre nós de golpe militar, título daquelas intervenções até recentemente corriqueiras na América Latina e que sempre terminavam […]

Veja mais

A unidade como ponto de partida

A unidade como ponto de partida

A esquerda precisa de união para objetivos concretos, mas isso não é uma convite ao retorno da política de conciliação de Lula Sempre que o debate político – chamado pela realidade – se volta para a discussão sobre a unidade (como necessidade) das esquerdas, torna-se relevante, e até mesmo pedagógico, revisitar experiências como as de 1954 […]

Veja mais

Em 2018, a nação fica entre a esperança e a ameaça

Em 2018, a nação fica entre a esperança e a ameaça

O próximo ano vai oscilar entre a possibilidade de construção de uma sociedade minimamente igualitária e o prenúncio da consolidação definitiva de um projeto antipopular

Veja mais

É preciso defender a ordem democrática – mais uma vez

É preciso defender a ordem democrática – mais uma vez

O período atual tem perigosas semelhanças com os que vivemos em 1950, 1955 e 1961 e 1964. A solução está nas ruas O círculo de giz caucasiano – ou seja, a aliança de ferro e fogo entre as forças políticas conservadoras, o poder econômico, a mídia ensandecida, o Ministério Público e o Poder Judiciário – […]

Veja mais
// // // // Visitantes Únicos: